IPTU e Tributos Online Paulista

IPTU e Tributos IPTU por E-mail

Notícias

Finanças |

Enfrentando uma crise financeira? Veja o que fazer para evitar essa situação

As contas se acumularam de tal forma que não há nada que possa fazer para colocá-las em dia. Você já perdeu noites de sono, já cogitou todas as possibilidades de sair do vermelho, mas não vê solução. Quer uma dica? Mantenha a calma. Ainda que se veja no fundo do poço, é possível encontrar o caminho de reencontro com a saúde financeira.

Muitas dificuldades a serem superadas podem acontecer se não conseguirmos suportar certas consequências no início. A primeira atitude a ser tomada é ter consciência da atual situação que te levou ao superendividamento. Para que você consiga sair do endividamento, você deve listar e especificar as suas dívidas para que fique mais fácil começar a perceber onde você pode mexer.

Muitas vezes nós entramos em uma despesa sem planejar e no final das contas acabamos tendo muita dificuldade em pagar nossas contas. Nem sempre um débito é considerado um problema, se você souber usar o seu dinheiro estrategicamente, de acordo com a sua real necessidade de consumo, e a sua capacidade de pagamento. As consequências financeiras do endividamento são percebidas com o aumento da dificuldade em honrar seus compromissos financeiros, como por exemplo, as compras do dia a dia que não foram planejadas e passam despercebidas. 

Veja agora cinco dicas de ouro que te ajudarão a sair das dívidas:

Melhore sua organização - Educadores financeiros indicam que é preciso seguir uma certa ordem para eliminar as dívidas. E tudo começa pela organização. Comece anotando as despesas (todas elas, das menores às que mais impactam no seu orçamento) e liste também as dívidas, com seus respectivos valores.

Corte gastos - Assim que conseguir ter o raio-X dos seus gastos, preferencialmente em uma planilha, analise o que pode ser cortado ou reduzido. Em momentos de aperto financeiro, nem pense em manter o padrão de vida. Corte tudo o que não for essencial (assinatura de jornais e revistas, por exemplo) e faça o possível para reduzir as contas necessárias (luz, gás, telefone).

Encontre uma segunda fonte de renda - O seu salário não é mais suficiente para suprir as despesas? O jeito, então, é pensar em uma fonte de renda alternativa. Ainda que você não possa assumir um segundo emprego, sempre há uma forma de engordar o caixa – seja fazendo algo para vender (ou comprando produtos para revender) ou prestando algum serviço aos amigos, parentes e vizinhos.

Renegocie dívidas - Se você cumpriu todas as etapas anteriores, já pode começar a entrar em contato com seus credores para renegociar suas dívidas e tirar o nome do vermelho. Veja as sugestões abaixo:

Bancos: conversar com seu gerente é sempre a melhor opção. Vá pessoalmente à agência (já com uma ideia de quanto pode pagar por mês) e renegocie. As instituições costumam oferecer bons descontos. Muitas vezes, retiram boa parte dos juros.

Comércio: procure o credor de forma direta. Ao ser atendido em um call center, a primeira oferta não costuma ser satisfatória. Por isso, peça para falar diretamente com o setor de cobrança. Verifique qual seria o valor à vista. Muitas vezes, compensa fazer um empréstimo no banco, com juros menores, para quitar o débito.

Cartão de crédito: para não se endividar, evite pagar o valor mínimo da fatura. Se isso já ocorreu, entenda como é feita a cobrança, quais as taxas e como funciona o juro rotativo, que é o mais caro da modalidade. Pagar à vista sempre vale a pena.

Assessorias: quando a dívida é terceirizada para uma assessoria de cobrança, busque aproveitar as oportunidades. Essas empresas, geralmente, oferecem grandes descontos na negociação.

Faça uma reserva financeira - A última etapa – e uma das mais importantes – para manter o controle das finanças é seguir com as planilhas de despesas e começar uma reserva financeira. Ter um dinheiro sobrando é a garantia de que você não vai entrar em novas dívidas no primeiro imprevisto.

Imagens:

Arquivos:

  • Nenhum documento anexado.

Prime Brasil

COPYRIGHT © 2019 PREFEITURA DA CIDADE DO PAULISTA | TODOS OS DIREITOS RESERVADOS.

PRAÇA AGAMENON MAGALHÃES, S/N — CENTRO, PAULISTA — CEP: 53401-441